sexta-feira, 31 de maio de 2013

E no trilha sonora, a delicada voz de Céu!

LUA 

(Amanda Cristina)



Lua
Fascinante como a bruma

Deleite-se em mim
Num curto espaço

Quero navegar sentindo
A brisa que emana

E numa ressaca constante
Embriagar-me em tua luz

quinta-feira, 30 de maio de 2013

ALMA

(Amanda Cristina)



E o tempo com toda a sua transparência
Reflete em tons cinzentos
A dor de um amor
Que foi profundeza
Suave como pele
E ardoroso como fogo
Refúgio de um coração incauto
Choro de uma alma desolada


Com paixão, carinho e devoção...

terça-feira, 28 de maio de 2013

sexta-feira, 24 de maio de 2013

"E algum dia espero te reencontrar
Lembrança perdida
Que tanta falta me faz
O primeiro toque
O primeiro olhar
O primeiro beijo
Descobertas...
Espero te sentir
Te ouvir
Te ter
Amar"

(Amanda Cristina)





quinta-feira, 23 de maio de 2013

AMARGURA

(Amanda Cristina)



Nada mudou
Continua sendo
Intolerância, desvio
Apenas renascendo

Ainda ouço murmurar
Muito além de mim
O que segue o seu rumo 
E parece não ter fim

Em meu caminho
Nada parece ter sentido
Na tentativa em ser feliz
Pareço nunca ter vivido

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Eurythmics... sem mais... #SAUDADE

SOU II

(Amanda Cristina)



Sou poesia
Sou Humana
Sou mulher
Sou amada
Sou querida 
Sou querer
Sou alegria
Sou amor
Sou paz
Sou harmonia
Sou assim
Página em branco
À procura de sua história...

TEU SER

(Amanda Cristina)



Teu cheiro passeia por mim
Aventureiro, toca-me sem medo
Danço à procura de teu corpo
E sinto levemente teu suspirar

Teu beijo é quente, molhado...
Permite-me viajar em tua essência
Perturba os meus pensamentos

E então quero-te mais...
Mergulhando em mim,
Ressurgindo assim..


domingo, 19 de maio de 2013

CONFISSÕES

(Amanda Cristina)



Sou aquela menina de olhos fascinantes, e beijos fulgurantes. Sou pessoa! Quero abraço, quero sentir o que é amar... sou tímida, é verdade, mas dentro de mim, inundo-me de amor! Pareço mulher, mas sou apenas uma menina... menina em fase de descobertas, de perguntas, à procura por respostas das quais não serei contemplada. Sou um ser curioso, invento, reinvento, transformo, refaço! Tento ser útil neste mundo, nem sempre consigo sê-lo... sou humana, enxergo a similitude presente no outro, sinto suas dores, compadeço de seus temores, abro um lindo sorriso com suas vitórias, festejo sua caminhada nesta longa estrada... sinto que sou amada, odiada, invejada, querida e desejada, plena, afinal, sou tudo no nada e tudo afinal, menina, ser, mulher, irreal...

sexta-feira, 17 de maio de 2013


E TUDO QUE SINTO ETERNIZO

(Amanda Cristina)



E tudo que sinto eternizo...
Vida que reflete minha ânsia em amar

E tudo que sinto eternizo...
Sou intensa, sou mulher

E tudo que sinto eternizo...
Minha fala ecoando

E tudo que sinto eternizo...
Mansidão que toma conta de mim

E tudo que sinto eternizo...
Sutileza que emerge do meu coração

E tudo que sinto eternizo...
Paixão que transcende o meu corpo

E tudo que sinto eternizo...
Aventureira, emoção

E tudo que sinto eternizo...
Lembranças de outrora

E tudo que sinto eternizo...
Apenas sou..







terça-feira, 14 de maio de 2013

E O MEU PENSAMENTO VOA

(Amanda Cristina)





E o meu pensamento voa 
À procura por respostas abstratas
Silenciando a minha dor

E o meu pensamento voa
Percorrendo os meus limites
Em intersecção com a realidade

E o meu pensamento voa
Cerceando minhas palavras
Tentando acrescer minha esperança

E o meu pensamento voa
Sussurro etéreo
Ânsia dilacerada
Em forma concretizada

sábado, 4 de maio de 2013

Minha música... linda!

TEMPO

(Amanda Cristina)



Tempo para amar
Quem não quer?
Tempo para sonhar
Quem não tem
Tempo para desilusão
Quem não sofreu?
Tempo para recomeçar
Quem não procura?
Tempo para ter tempo
Quem não anseia?
Tempo

quinta-feira, 2 de maio de 2013

FIM DE TARDE

(Amanda Cristina)



O teu corpo é o que há de mais belo! sensível, olho cada parte desta beleza profana, no desejo de que um dia seja  meu. Não consigo tocar-te, pois, és a perfeição! Em pleno pôr do sol, tua pele dourada acaricia o meu ser e na angústia de jamais conseguir ter você, desespero-me... não ter o teu prazer, é como não saber o que é estar em êxtase. Sim, você e a razão de meus devaneios e por mais que tente esquecer da tua sedução, percebo que só conseguiria se você jamais existisse, mas isso é impossível... a tua presença cravou  neste mundo a alegria do amor e o sofrimento da dor. O meu único desejo hoje é poder ter a certeza de que sem você não sou ninguém e assim, saber que sem mim, nada és. Possua o meu corpo, quero amar, ser feliz em teus braços, gritar a liberdade de sermos um só e neste pôr do sol, contemplarmos a vida, estando um no outro e nada mais, sendo assim, caminhando para esta almejada liberdade que intensifica e evidencia o ardor de nossa paixão e serenidade...
"Amar, como é complicado... transparece sentimentos ao mesmo tempo que pode ferir por inteiro. A entrega quando total, possibilita-nos sonhos, magias, bem como a dor perturbadora de uma amor que foi desejo um dia." (Amanda Cristina)


E na trilha sonora da noite, a poesia de Ivan Lins e Vítor Martins, invade nossos corações e nos proporciona um mundo de ilusões, de pensamentos, amores e muita paixão. O envolvimento da canção é sútil, porém, profundo... simplesmente belo!

quarta-feira, 1 de maio de 2013

DOCE ENGANO

(Amanda Cristina)




Por um segundo
Te imaginei seduzindo-me
Uma aparição saudosista
Docemente iludindo-me

Como poderia imaginar a tua ausência?
És para mim o retrato da vida
Justo agora que tudo caminha bem
Tua presença parece adormecida

Não ignore meus sentimentos
Quero-te tanto
Meu desejo hoje
É te ter como um doce encanto

Minha angústia clama desesperada
Não alimente uma paixão
Que cresce em meu peito
Aumentando a minha decepção

Mas se queres saber não irei me importar
A dor é ferrenha porém o teu dissabor
Será a anunciação
Do fim desta grande ilusão


JUNTOS

(Amanda Cristina)



E numa triste manhã você apareceu, revelando em seu olhar a tortura em tentar me esquecer. Você se aproxima, te toco, e sinto brevemente aquecer o meu peito. Por que está acontecendo assim? Não quero te perder, mesmo que isso seja o que nos espera. Te amando, sou feliz, crio ilusões, tenho certezas e o fim não mais existe! Quero apenas que o teu corpo debruce no meu, que as carícias sejam eternas, que este suplício chamado dor, nos esqueça e que a entrega em seu mais pleno ardor, seja o início meio e fim, deste tão nobre amor.

Linda canção do mestre Alceu valença, na trilha sonora da noite! Mescla harmonia, profundidade e uma interminável viagem dentro de nós... #AMO