quinta-feira, 23 de maio de 2013

AMARGURA

(Amanda Cristina)



Nada mudou
Continua sendo
Intolerância, desvio
Apenas renascendo

Ainda ouço murmurar
Muito além de mim
O que segue o seu rumo 
E parece não ter fim

Em meu caminho
Nada parece ter sentido
Na tentativa em ser feliz
Pareço nunca ter vivido

Nenhum comentário:

Postar um comentário