sábado, 24 de novembro de 2012


SECA NO SERTÃO

(Amanda Cristina)


Volto o meu olhar 

Para o sertão
Seca que castiga em anunciação
Vidas que choram
Com tamanha desilusão
Um nordeste seco
Preso ao grilhão
De uma sociedade
Em comoção
Com a tristeza da
Seca no sertão
Que mata, castiga
Numa baita judiação
Apenas clamo a Deus
Com emoção
Não permita a morte
Deste povo de bom coração...





Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir